Corpo Surpresa

Publicado por em out 23, 2012 em Blog | 0 comentários

Confesso que fiquei apreensiva.

Andar depois das 20h, sozinha pela Esplanada, é algo que poucas pessoas recomendam. E quando estou chegando na parte mais escura e sinistra do caminho, vejo um homem parado, sozinho.

Sou míope, e os óculos estão sempre comigo, mas dentro da bolsa. Chegando mais perto, fiquei um pouco menos ressabiada, pois me parecia uma daquelas estátuas humanas, esperando uma moeda para se mexer. Mas a esta hora da noite, e neste ponto escuro?

A poucos passos percebi do que se tratava: uma estátua de bronze (ou ferro) de um homem nu. Me lembrei que uma exposição de um artista famoso estava para chegar na cidade. Então era isso!

O homem nu, de bronze, está lá parado, perto de um cruzamento bastante movimentado (não a esta hora da noite), num ponto onde o semáforo fica aberto 10 minutos para os carros e 5 segundos para os pedestres. Então deu tempo de ir chegando mais gente, antes do semáforo abrir, e ir percebendo as reações.

Confesso que fiquei apreensiva.

A reação das pessoas à visão de um homem nu, mesmo sendo uma estátua, é no mínimo intrigante. Ouvi coisas do tipo “tem que botar fogo”, “isso é coisa do demo”, dentre outros, mas nenhum comentário positivo. O que será que tem de tão ruim em um corpo nu? Com certeza a intenção do artista, ao colocar estátuas espalhadas pela cidade, de surpresa, é esta mesmo, suscitar reações. Será que a reação seria a mesma se fosse uma figura feminina?

Em casa confirmei, são esculturas do Antony Gormley, que desde ontem estão em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil, na exposição Corpos Presentes . E as reações que ouvi não foram as únicas, teve até estátua derrubada e coberta com saco, como se fosse um corpo desovado.

Corpo Presente. Foto: Roberta SáCorpo Presente. Foto: Roberta Sá

Share on TwitterShare on Tumblr

Deixe uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>